Mamoplastia de Aumento

Porto • Clínica • Consultas e Cirurgias

Morada:Rua da Venezuela, 139
4150-744 Porto, Portugal

GPS:41.1571893, -8.6433279

Telefones:(+351) 225 432 321
(+351) 226 009 494

Fax:(+351) 225 432 371

E-mail:geral@clinicalusoespanhola.com

Lisboa • Consultas

Morada:Campo Grande, 220 D 1º C
1700-094 Lisboa, Portugal
(Clínica Dr. Tallon)

GPS:38.753766, -9.1502962

Telefone:(+351) 225 432 321

E-mail:geral@clinicalusoespanhola.com

Contacte-nos

MAMOPLASTIA DE AUMENTO

O QUE É E A QUEM SE DESTINA?

A Mamoplastia de Aumento destina-se as mulheres que se encontram insatisfeitas com o tamanho da sua mama, neste caso a cirurgia de aumento de mama utiliza implantes de silicone para dar volume aos seios ou restaurar o volume mamário perdido após perda de peso ou gravidez.

 

O aumento da mama pode aumentar o tamanho e projeção dos seus seios, melhorar o equilíbrio do seu corpo e melhorar a sua autoestima e autoconfiança.

 

Os implantes também podem ser utilizados para reconstruir a mama após a mastectomia ou outra lesão.

 

 

PROCEDIMENTO CIRÚRGICO

A incisão para introduzir as próteses pode ser feita a nível da aréola, da axila ou no sulco infra mamário na nossa experiência este último será o melhor pois a cicatriz fica quase impercetível e a nível cirúrgico têm um melhor campo operatório. Trata-se de criar um espaço atrás da glândula mamária para colocar uma prótese.

 

Quando a prótese se coloca atrás da glândula mamária, falamos de próteses retroglandulares e quando as colocamos atrás do músculo peitoral falamos de próteses retromusculares.

 

Alguns cirurgiões são partidários de deixar drenos durante alguns dias. Com a técnica praticada na Clínica Luso Espanhola, não consideramos necessário o uso de drenos.

 

 

 

 

ANESTESIA E DURAÇÃO DA CIRURGIA

Geralmente a mamoplastia de aumento é realizada com anestesia local combinada com sedação. Tem a duração de 50 a 60 minutos e o internamento dura pouco mais de 5 a 6 horas.

RESULTADO

É possível obter o volume desejado porque existem diversos formatos e tamanhos de implantes mamários. Deverá existir harmonia entre o volume das mamas e o tamanho do tórax, pelo que a escolha das próteses deverá ser discutida e planeada com o Cirurgião.

 

O resultado final vê-se quase de imediato. Deve ter-se em conta que após a cirurgia há algum “inchaço”, as mamas apresentam um maior volume que irá diminuindo até ao aspeto definitivo (obter-se-á ao fim de 3 semanas). O resultado final é visível ao fim de 6 meses.

 

Mamoplastia de Aumento

 

CUIDADOS NO PERÍODO PÓS-OPERATÓRIO

Após o ato operatório, a paciente fará uso de um soutien específico, que deverá ser usado por aproximadamente 30 dias. Neste período a paciente deverá sempre usar o soutien tanto de dia como de noite e, após este período sempre que pratique desporto.

 

A mulher operada deve estar uns dias de repouso, será normal estar um pouco cansada. A dor é facilmente controlada com algum analgésico. Os curativos são feitos a cada 48 horas e depois mais espaçadamente. As suturas (pontos) são retiradas ao fim de 2 semanas.

 

Na maior parte dos casos, a mulher pode retomar uma vida autónoma e normal ao fim de poucos dias. Recomendamos também evitar esforços violentos ou ginástica durante 3-4 semanas.

 

É normal sentir uma ligeira redução ou aumento da sensibilidade mamária, que é temporária e raramente definitiva. O inchaço ou edema mamário cede ao fim de poucas semanas. Banho ou duche somente após a autorização do Médico. A cicatriz resultante dependerá fundamentalmente da qualidade de cicatrização dessa paciente em particular.

 

Cada indivíduo apresenta uma peculiaridade especial no que diz respeito à cicatrização.

 

 

QUAIS OS PROBLEMAS MAIS FREQUENTES QUE PODEM APARECER NUMA MAMOPLASTIA DE AUMENTO?

Retração capsular:
É um problema que parece ter tendência a diminuir à medida que as próteses melhoram em qualidade. Para tratar este problema pode ser necessário operar e a solução pode passar por trocar as próteses, romper a cápsula (capsulotomia) ou tirar a cápsula (capsulectomia).

 

 

Rotura da prótese:
A paciente nota uma mama mais inchada que a outra. Se as próteses são hiper-coesivas, o risco que acontecia com as próteses antigas de saída do silicone e difusão pelo resto do corpo diminui ou desaparece. Para solucionar o problema, a prótese deve ser removida e poderá ser colocada uma nova.

 

 

Infeção:
Pode acontecer nos primeiros 10 dias de pós-operatório. Este tipo de complicação obriga a tirar a prótese e só depois de várias semanas de tratada a infeção se deve colocar uma nova prótese. É uma complicação muito rara. Na nossa clínica só tivemos um caso.

 

 

 

PERGUNTAS FREQUENTES

Que tipo de próteses são usadas habitualmente para aumentar o peito?

 

Atualmente as próteses têm garantia vitalícia fornecida pela marca e as mais usadas são as próteses de silicone texturadas. Os formatos e tamanhos vão depender do gosto da paciente ou de indicação medica.

 

 

As próteses de silicone podem provocar cancro?

 

Nenhum estudo prospetivo ou retrospetivo realizado no mundo tem demonstrado tal relação com uma certeza absoluta.

 

 

Que tipo de cicatrizes pode deixar uma operação de aumento de mama?

 

Na mamoplastia de aumento a cicatriz pode ser axilar, periareolar e submamária. Raramente ultrapassa os 4 centímetros.

 

 

As próteses podem ser colocadas fora do músculo?

 

As próteses podem ficar por trás da glândula ou dentro do músculo grande peitoral. Cada situação tem as suas vantagens e os seus inconvenientes.

 

 

Qual o tamanho que mais se utiliza?

 

As nossas clientes preferem colocar próteses com tamanhos entre 265 e 395cc, embora às vezes também se utilizem próteses maiores.

 

 

IMAGENS