Mamoplastia de Redução

Porto • Clínica • Consultas e Cirurgias

MoradaRua da Venezuela, 139
4150-744 Porto, Portugal

GPS41.1571893, -8.6433279

Telefones(+351) 225 432 321
(+351) 226 009 494

Fax(+351) 225 432 371

Emailgeral@clinicalusoespanhola.com

Horário2ª a 6ª Feira, das 09h às 21h

Lisboa • Consultas

MoradaCampo Grande, 220 D 1º C
1700 - 094 Lisboa, Portugal
(Clínica Dr. Tallon)

GPS38.753766, -9.1502962

Telefone(+351) 225 432 321

Emailgeral@clinicalusoespanhola.com

Contacte-nos

MAMOPLASTIA DE REDUÇÃO

O QUE É E A QUEM SE DESTINA?

A cirurgia de Mamoplastia de Redução visa diminuir ou reduzir o volume mamário. Os seios demasiado volumosos constituem não só um problema estético, mas um problema Médico de primeira ordem, devido à sobrecarga sobre a coluna de muitas mulheres, provocando frequentes dores com acentuação da cifose dorsal; em outros casos, especialmente na mulher jovem, pode ser causa de alterações graves da personalidade.

 

A dismorfia que supõe as mamas volumosas pode fazer de uma jovem uma pessoa complexada e tímida, incapaz de se integrar socialmente e incapaz de atingir a completa maturação emocional. A tudo isto, devemos somar que a mulher com mamas volumosas tem tendência a adotar uma postura encurvada para ocultar em parte o seu problema, o que agrava ainda mais a sobrecarga na coluna cérvico-dorsal.

PROCEDIMENTO CIRÚRGICO

O objetivo da cirurgia é reduzir o volume de glândula e de pele e corrigir a posição da mama, da aréola e mamilo geralmente descaídos. Existem diferentes técnicas operatórias que podem ser realizadas pelo Cirurgião. Uma técnica empregada por muitos Cirurgiões desde há décadas em todo o mundo é a operação de Pitangui.

 

Esta operação pode ser considerada o standard com o qual devem ser comparadas as novas técnicas. A cirurgia deixa umas cicatrizes em forma de âncora. Um dos problemas que tem esta operação é que deixa cicatrizes relativamente visíveis. Em todas as técnicas procede-se à remoção do excesso de pele, glândula e gordura, tentando manter a irrigação da aréola e do mamilo, que são reposicionados num sítio esteticamente mais bonito.

 

 

 

 

ANESTESIA E DURAÇÃO DA CIRURGIA

Esta operação é realizada habitualmente com anestesia geral. Na Clínica Luso Espanhola realizamos uma infiltração com anestesia local para complementar a anestesia e facilitara dissecação. A duração desta cirurgia é de aproximadamente 70 a 90 minutos por mama.

 

 

PÓS-OPERATÓRIO

A mulher operada deve estar uns dias de repouso, será normal estar um pouco cansada. A dor é facilmente controlada com algum analgésico. Os curativos são feitos a cada 48 horas e depois mais espaçadamente. As suturas (pontos) são retiradas ao fim de 2 semanas. Na maior parte dos casos, a mulher pode retomar uma vida autónoma e normal ao fim de poucos dias.

 

Recomendamos também evitar esforços violentos ou ginástica durante 3-4 semanas. É normal sentir uma ligeira redução ou aumento da sensibilidade mamária, que é temporária e raramente definitiva. O inchaço ou edema mamário cede ao fim de poucas semanas. Banho ou duche somente após a autorização do Médico.

 

A cicatriz resultante dependerá fundamentalmente da qualidade de cicatrização dessa paciente em particular. Cada indivíduo apresenta uma peculiaridade especial no que diz respeito à cicatrização.

 

 

RESULTADO

Deverá existir harmonia entre o volume das mamas e o tamanho do tórax e a massa corporal. Em casos de mamas muito volumosas, pode ser difícil obter uma simetria absoluta e pode ser necessário algum retoque posterior. O resultado só se observa ao fim de vários meses.

 

Os resultados podem ser piores em gigantomastias extremas ou em pessoas fumadoras dai se aconselhar que a paciente pare de fumar durante pelo menos 20-30 dias pós-cirurgia. As técnicas mais modernas de redução procuram uma redução mamária que deixe uma forma bonita da mama, com volume residual suficiente, uma adequada projeção e cicatrizes o mais pequenas possível.

 

Contudo, a cicatrização é uma característica pessoal e varia de paciente para paciente. O resultado final é visível ao final de 6 meses.

 

 

CUIDADOS NO PERÍODO PÓS-OPERATÓRIO

Após o ato operatório, a paciente fará uso de um soutien específico, que deverá ser usado por aproximadamente 30 dias. Neste período, a paciente deverá sempre usar o soutien tanto de dia como de noite e após este período sempre que pratique desporto. Banho ou duche somente após a autorização do Médico.

 

A cicatriz resultante dependerá fundamentalmente da qualidade de cicatrização desse paciente em particular. Cada indivíduo apresenta uma peculiaridade especial no que diz respeito à cicatrização.

 

 

QUAIS OS PROBLEMAS MAIS FREQUENTES QUE PODEM APARECER NUMA MAMOPLASTIA DE REDUÇÃO?

Devemos considerar a cirurgia de redução mamária uma técnica segura, sempre que realizada por uma equipa médica devidamente treinada. Como em qualquer cirurgia podem surgir complicações como: infeção, necrose tecidular, perda do complexo Auréolo – mamilar (muito raro), assimetrias, diminuição da sensibilidade, etc.

 

A cirurgia de redução mamária vai deixar de forma permanente cicatrizes. Podem acontecer queloides (cicatriz grossa e vermelha) e cicatrizes hipertróficas (largas) especialmente em mulheres de pele escura. O aleitamento pode ficar afetado em alguns casos quando a redução é muito grande.

Este website utiliza cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar está a consentir que os cookies sejam guardados no seu browser.
Concordo