Radiofrequência

Porto • Clínica • Consultas e Cirurgias

MoradaRua da Venezuela, 139
4150-744 Porto, Portugal

GPS41.1571893, -8.6433279

Telefones(+351) 225 432 321
(+351) 226 009 494

Fax(+351) 225 432 371

Emailgeral@clinicalusoespanhola.com

Horário2ª a 6ª Feira, das 09h às 21h

Lisboa • Consultas

MoradaCampo Grande, 220 D 1º C
1700 - 094 Lisboa, Portugal
(Clínica Dr. Tallon)

GPS38.753766, -9.1502962

Telefone(+351) 225 432 321

Emailgeral@clinicalusoespanhola.com

Contacte-nos

RADIOFREQUÊNCIA

Este tratamento não invasivo é utilizado para melhorar a qualidade da pele. A sessão realiza-se com a aplicação de um gel na área tratar, sobre o qual se desliza o manípulo da radiofrequência. O tratamento é indolor, sentindo-se apenas um pequeno aumento de temperatura local.

 

 

PRINCIPAIS INDICAÇÕES

A radiofrequência é indicada para reduzir celulite branda, estimular a produção de colagénio e elastina, combater estrias e fibroses, melhorar a aparência de cicatrizes, combater gordura localizada e flacidez (abdómen, culote, flancos, braços).

 

 

COMO FUNCIONA?

O aparelho de radiofrequência eleva a temperatura da pele e do músculo, provocando a contração do colagénio existente. Por outro lado, a temperatura elevada induz a produção de mais colagénio e fibras de elastina, assim como um aumento do metabolismo local. Esta renovação celular melhora a aparência, sustentação e firmeza da pele.

 

 

EFEITOS SECUNDÁRIOS

Após a sessão de radiofrequência pode ocorrer uma sensação de rubor, que desaparece ao fim de algumas horas.

 

 

EFICÁCIA

Considerando que as células da derme precisam de, aproximadamente, 30 dias para produzir colagénio de tipo I e 90 dias a produzir colagénio de tipo III, os resultados começam a ser visíveis a partir da terceira sessão de tratamento. Os resultados mantêm-se durante muitos meses, no entanto, devido ao envelhecimento natural da pele, é conveniente realizar sessões de manutenção anuais.

 

 

QUANTAS SESSÕES SÃO NECESSÁRIAS?

Quantas mais sessões se realizar, melhores serão os resultados. No entanto, aconselha-se realizar entre 6 a 10 sessões, com o espaçamento de 1 semana entre cada sessão.

 

 

CONTRAINDICAÇÕES

A radiofrequência não deve ser realizada nas seguintes situações: gravidez, doenças de pele, problemas de coagulação e tumores malignos; durante tratamentos de quimioterapia; doenças infectocontagiosas, doenças endócrinas (diabetes, síndrome de Cushing, desequilíbrios da tiroide), histórico de trombose profunda; no uso de medicamentos como anticoagulantes e corticoides; próteses metálicas, DIU, pacemaker; zonas da pele que tenham material de preenchimento, tatuagens e maquilhagem definitiva.

Este website utiliza cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar está a consentir que os cookies sejam guardados no seu browser.
Concordo